Google+ Badge

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Crescimento negativo

Esta crise do subprime trouxe à toma um léxico, muitas vezes, incompreensível...

Acho muito curioso o uso de crescimento negativo.

Estes consultores, analistas e cientistas da área financeira não fizeram a primária na mesma época do que eu.

Madail... estás na hora de esticar o pernil

Eu já não gostava do Madail... mas... é inqualificável o presidente da FPF abandonar um jogo da selecção...assim...
Enfim, é o que temos.... mas NÃO DEVIAMOS TER.
Proponho que ele vá dirigir e Federação de Futebol das Berlengas... ou das Desertas... e que fique por lá. Mas sem reforma do Estado.
Até proponho q o Pinto da Costa vá para a FPF... não havia cá tangas... eventualmente, até uns apitos, pífaros ou outro qualquer instrumento de sopro nos poderia ajudar

Cinzeiros: Extras nos veículos?

Será que vamos considerar os cinzeiros dos carros como um extra?

É revoltante ir na fila da segunda circular e reparar que as beatas,invólucros, pratas, papel slofan são lançados para fora das janelas dos carros. Parece que tudo que é possível e impossível é projectado de lá

É uma falta de civismo inquilificável. Mas parece ser com isto que temos que viver.. Para ja não falar do novo lixo urbano. Os montões de "bias" que se acumulam às portas dos escritórios, shoppings, cafés...etc

Enfim,...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008



Trata-se de um dos melhores espaços que já vi. Fica em Recife. Falo da Estância 7 Museu de Brennand... vale a pena ir lá... garante-se efeitos especiais à moda antiga...só com imaginação e talento

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Três Palmeiras

Gosto de um restaurante muito simples lá para os lados de Tavira. Chama-se “Três Palmeiras” (281 325 840). Fica à entrada desta cidade … de quem vem dos lados de Vila Real de Santo António, num bairro / terriola de nome Vale Caranguejo.
Digamos que se trata de um “Varina Bar”, isto é, vemos o cozinheiro a grelhar o peixe… tem uma grelha no meio do pátio…e o peixe, penso eu que sempre fresco, é lá grelhado. Perguntam-se, porquê “Varina Bar”…a razão tem a ver com o enxame de Sushis Bar que vão aparecendo na nossa terra. Se o conceito de atrelar o substantivo bar ao negócio funciona para tanta coisa… porque não tentar neste tipo de negócio… o do Peixe na Grelha.
Mas deixamos destes considerandos e concentremo-nos no prato. Por ali abundam as sardinhas, os chocos, as douradas, os carapaus…e outros familiares. Aviso-os que há que ter alguma paciência, que os luxos não abundam… mas os preços são muito em conta, que o peixe é fresco (repetindo-me) e que comemos o que queremos… quase que podemos pedir à unidade… e servem um pãozinho tostado na grelha … bem gostoso. Mais, há algumas cestas espalhadas pelas mesas com frutas, frutas essas que são a sobremesa. Curiosa apresentação.
Gosto de ir lá… porque se come ao ar livre se assim se quiser ….e aproveitem, está a ser construído um enorme shopping em frente… o 3 Palmeiras talvez não dure mais um ano com estas características.