Google+ Badge

sábado, 12 de janeiro de 2013

Four reasons your version of better might not be enough (By Seth Godin)

Four reasons your version of better might not be enough
 
A)
I might not know about your better, because the world is so noisy I can't hear you.
B)
I might not believe it's better, because, hey, people spin and exaggerate and lie. Proof is only useful if it leads to belief.
C)
The perceived cost of switching (fear, hassle, internal selling and coordination, money) is far higher than your better appears to be worth.
D)
Your
better might not be my better. In fact, it's almost certainly not.

Também há coisas boas - 12 de Janeiro

Também há coisas boas - 12 de Janeiro

"Caminhante, não há caminho, só estrelas no mar!", António Machado

António Damásio diz: É possível continuar a ser ético, mesmo em depressão económica.

José António dos Santos, residente em Portimão, passou um ano sem usar dinheiro. E conseguiu.

Parece que os olhos castanhos, e já o Xico Zé os cantava, inspiram mais confiança. Os meus navegam entre o castanho e o verde...dizem-me.

Villas-Boas eleito o melhor treinador de Dezembro na Premier Leugue.

Clube Ferroviário celebra cultura da música em vinil. Ainda tenho o meu gira-discos.

Amazon oferece versão digital  de CD comprados na loja "online

12.01.2013 » Rubem Braga faz 100 anos. Já não está entre nós, mas  é lido e relido.
Ele diz: Tudo o que nos separava subitamente falhou.

TAP promove artistas de língua portuguesa, com ou sem sotaque.

Lisboa apareceu com sol.

Vírgulas - retirado do Priberam



Quanto à vírgulas:
1.º — Manuel, vai abrir a porta. Posso afirmar-lhe, minha Senhora, que o seu irmão não passou por aqui. Vem cá, João.
Vê-se que o vocativo é sempre separado por vírgula.

2.º O ouro, a prata, o ferro, o chumbo, são metais. Afonso Henriques conquistou Lisboa, Santarém, Almada e Sintra.
Separam-se por vírgula todos os membros de uma oração que não sejam ligados por conjunção.

3.º Eu sou, efectivamente, crédulo. Estes campos são, com efeito, muito bonitos. Os Ingleses, não haja dúvida, constituem um povo essencialmente prático. Amar as árvores, disse um grande homem, é amar a terra.
Fica entre vírgulas qualquer palavra, frase ou sentença, intercalada numa oração.

4.º Não, é impossível satisfazer o seu desejo. Não, isso é inacreditável.
Emprega-se a vírgula depois da partícula não, quando ela, no princípio da oração, se refere a outra.

5.º Sim, depois resolveremos o caso. Sim, vou passear.
Emprega-se igualmente depois de sim, no princípio de qualquer oração.

6.º Este homem, bondoso em extremo, tudo sacrificou à família. Encontrei a Maria, filha do Costa. A árvore, linda e viçosa, a cuja sombra me acolhi. A História chama Conquistador a Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal.
Os nomes apostos ou continuados são precedidos de vírgula.

7.º Meus pais, a quem muito quero... Aquela filha, a quem tanto se dedicou, foi ingrata. João, de quem recebi tantas provas de estima...
Quando a partícula quem é acompanhada de preposição, coloca-se a vírgula antes dessa preposição.

8.º Não sei se estamos longe da terra a que nos dirigimos. Este é o lugar histórico em que Vasco da Gama embarcou. Encontrei ontem o teu primo António, que me ofereceu uma bebida. Restavam alguns soldados, que combateram heroicamente.
Antes do relativo que, apenas se coloca vírgula se este introduz uma oração explicativa.

9.º Os animais domésticos prestam excelentes serviços ao homem. As pessoas mal-educadas não podem merecer a estima de ninguém. Emprestei o livro de Geografia ao Mário.
Como se vê, nestes dizeres não há nenhuma oração, frase ou expressão intercalada que deva ser precedida ou seguida de vírgula. Podemos concluir, portanto, que nunca se emprega a vírgula entre o sujeito e o predicado, e entre o verbo e os seus complementos directos ou indirectos.

Apontámos apenas os principais casos do emprego da vírgula. Muitos outros há, que só a prática pode indicar. Na leitura, a vírgula indica uma pequena pausa e uma ligeira inflexão na elevação de voz.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

UmbigoBlog Empresarial - 6 Motores de Busca e SEO

 6 - MOTORES de BUSCA e SEO

 Idealmente, os blogs devem ser actualizados regularmente. O facto de ter
 muitas actualizações no seu blog  faz com que sua empresa tenha muito mais
 páginas indexadas no Google (ou outro qualquer motor de busca) do que um
 qualquer blog ou site que se mantém inactivo ou quase.

 Além disso, aumenta a probabilidade de outros sites colocarem links para o
 seu site, o que ajuda a posicionar-se melhor nos motores de busca.

 Estatísticas dizem que as empresas que têm blogs activos recebem  até 55% do
 tráfego a mais - incluindo taxas mais altas de busca orgânica e tráfego de
 referência.

 Ao utilizar  palavras-chave adequadas, compartilhando o seu blog com outros
 blogs e ir actualizando-o vai atrair mais tráfego aos seus conteúdos, mais
 notoriedade à sua empresa.

 Talvez seja altura de colocar no Google o seu nome ou uma palavra-chave
 específica que caracterize bem o seu negócio e, quem sabe,  ter uma surpresa...


João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.


quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

UmbigoBlog Empresarial - 5 Comunicação 24/7

5 – Comunicação 24 / 7 (razões para a sua empresa ter um blog)
A publicidade clássica, como a TV, Rádio, Imprensa ou a distribuição de
brindes ou flyers, só está "viva" se for paga. No momento em que o deixa de
ser, quase ou desaparece mesmo. O mesmo se passa com banners que colocamos
em sites de terceiros.

 Já um blog, independentemente da sua actualização ou não, está sempre
activo, sempre localizável, sempre disponível. Ele trabalha dia e noite, de
domingo a domingo.

Este facto, a da presença 24/ 24 horas, ajusta-se om o facto de nos dias de
hoje o seu negócio poder vir de qualquer parte do mundo,  a qualquer hora e
de forma inesperada.

Recentemente, a  BioApis, um apicultor de Bragança. conseguiu uma venda de 3
toneladas de mel para a China. Este país é o maior produtor mundial de mel,
mas descobriu determinadas características neste produto, que o levou a
fazer a encomenda.

Uma vez colocada informação na WWW, ela terá vida eterna.


Também há coisas boas - 8 de Janeiro


Também há coisas boas - 8 de Janeiro

"A alma esburacada por uma agonia tamanho deste mar", Al Berto

Ramos-Horta quer uma Al Jazeera em português. Até que faz sentido. Somos muitos a falar português e mais alguns a querer falá-lo. Mais, há sempre uma Longitude na terra que está a receber o Sol.

Praia Formosa, Zambujeira do Mar (o Sacas) e Comporta ( o Museu do Arroz) no Top de destinos do Guardian.  Este jornal elaborou um conjunto de destinos de excelência de praia e com habitação a preços razoáveis.  Temos muito mais....felizmente. Vila Nova de Mil Fontes, Cacela, etc, etc, etc...

Sueca Pia Sundhage recebe prémio da FIFA  a cantar.

Remessas de emigrantes sobem...valha-nos isso.

Nas próximas 3 terças-feiras, pelas 18 e 30, há workshops sobre Wagner na Culturgest.  Saber de borla.

Lisboa acordou com frio e sol...agora chove.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Two kinds of mistakes (by Seth Godin)

Two kinds of mistakes by Seth Godin
There is the mistake of overdoing the defense of the status quo, the error of investing too much time and energy in keep things as they are.
And then there is the mistake made while inventing the future, the error of small experiments gone bad.
We are almost never hurt by the second kind of mistake and yet we persist in making the first kind, again and again.

Também há coisas boas - 7 de Janeiro


Também há coisas boas - 7 de Janeiro

"A tua ausência cerca-me como a corda na garganta quando nos afogamos no mar", Jorge Luis Borges

Governo vende dívida pública aos cidadãos. Parece-me uma boa medida. Pelo menos o dinheiro não sai do "Burgo" e ficamos com mais uma alternativa de poupança.

Governo leva a concurso todos os lugares de chefia do Estado. É o que deu o "boyismo".

Botifarra, batateira e linguiça. Receitas do séc XIX da Catalunha  ....produzidas numa aldeia do Alentejo chamada Azuruja. Ai que fiquei cá com uma fome. Procurem por Carnes Assuda.

Vila Nova da Barquinha inaugura um centro de estudos para todas as idades.

Hunter Halder, o Sr. Re-food. Parabéns!!!

Pete Souza, luso-descendente, fotografa Obama family.

Nelson Mandela recuperou.

CDUL vende a taça Ibérica de Rugby (jogo disputado em Espanha). Se quiserem saber o resultado, este foi: 24-13

Short plays...peças de teatro que duram 15m. Pode ser uma boa ideia.

Bombom de azeite em Mirandela.  São cá coisas nossas que vão para o mundo.

Maravilhas da Gastronomia  de Portugal. 80 receitas de babar.



Lisboa meio que nublada e fria, isto pela manhã. Mas à tarde quase parece Primavera.