Google+ Badge

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 31 de Dezembro


Também há coisas boas - 31 de Dezembro

Uma janela para 2013 - Cabo Espichel.
"Foi a glória do mar que me fez perder a cabeça", Robert Louis Stevenson

Compra-se o DN é não há propriamente uma boa notícia na 1º página.  Diz a capa que políticos e gestores voltam ao banco dos réus em 2013...parece uma justiça de Santa Engrácia.

O DN lançou a iniciativa do professor do ano. Todos nós precisamos de bons professores...em todas as etapas.  Há muitos bons professores por cá...eu venho de uma casa de dois professores.

A água da rede pública que se bebe por cá é boa, diz Bruxelas.

Teste de QI é um mito. Há tantas outras variáveis que só agora começam a ser consideradas. Vejam este site:  http://www.cambridgebrainsciences.com/user/login/challenge/2

O Rescaldo vai voltar à Culturgest em Fevereiro de 2013. O Rodrigo Amado e mais alguns vão andar por lá.

O Centro Cultural de Sousel vai ganhar um museu, o Museu dos Cristo.  Abre em 2013.

Lisboa amanheceu com sol.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 30 de Dezembro de 2012


Também há coisas boas - 30 de Dezembro de 2012

                                                              "Um fim de mar colore os horizontes". Manoel de Barros

A revista do DN apresenta-nos 13 jovens portugueses de quem vamos ouvir falar em 2013. Oxalá venham 13, e mais 13,  e mais 13....
Ginginha do Rossio

Barcelos inaugura pista de Snowboard....

Avenida da Liberdade foge à crise...abriram a Gicci, a Miu Miu, a Stivali ....vale a pena passear pelos barzinhos que preenchem os passeios e acabar a beber uma ginginha em frente ao D. Maria.

MUBE inaugura uma exposição sobre a arquitectura de interiores feira em Portugal.

Twilight Zone de regresso.

Eléctrico da Praia das Maçãs
Lisboa com sol...até apetece ir à Praia das Maçãs.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 29 de Dezembro


Também há boas notícias - 29 de Dezembro

"Os mares, as chuvas, a necessidade, o desejo, a luta contra a morte - são estas coisas que nos unem a todos", Albert Camus
Largo do Ferrador
Ontem, em casa do amigo casa do amigo João Pacheco, reuniram-se para jantar, a Inês e a Inês, o Paddy, o Zé, o Zé, a Ana, A Sofia, o Emílio, a Mariana, o Xico...e mais alguma criançada..daquela que é irrequieta......bom rever os amigos do passado. Cumpriu-se o ritual...boa conversa, boa bebida, boas histórias e a certeza de que todos queremos fazer coisas.

Uma directora australiana no Museu Serralves...a arte não tem fronteiras. Pena que existam fronteiras em quase tudo o resto.

Os dinossauros da política vão sair...sangue novo nas autarquias  ...pelo menos abre-se uma janela de esperança.

CPLP é um mar de oportunidades. Quem o diz é Murade Murargy, o moçambicano que é secretário desta organização. E é com toda a certeza. Um mar que anda pelo Atlântico, pelo Indico. 8 ondas...diferentes....

Uma boa realidade: a avó não aprendeu a ler, mas os netos são doutores. Há que aproveitar isto.

Nestlé concentra em Portugal toda a gestão da Península Ibérica.  

Praça do Comércio
Lisboa com sol (de manhã).

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 28 de Dezembro


Também há coisas boas - 28 de Dezembro

"Quem, para não falar sobre os perigos de um mar terrível e desconhecido, teria deixado a Ásia ou a África ou a Itália para procurar a Alemanha?", Tácito

Se comprássemos os jornais só pela capa (eu fazia-o no passado), a capa do DN não nos trás nada que se possa qualificar de bom, de porreiro, de ainda bem que é assim ou que aconteceu. A única que pode encher o olho de alguém / alguns é o prémio de €6 .600.000 no totoloto.

O Canal Parlamento só deve servir para aferir a assiduidade (ou falta de) dos deputados.

Transplantados vão passar a ser tratados perto de casa. Boa medida do Ministério da Saúde.

GNR entrega roupa contrafeita a instituições. Boa!

Amazon entra nas séries de "TV".

Lisboa está fria e bonita, mas o sol não aquece.

 

Palavras e atitudes para 2013

Believing what we want to believe (by Seth Godin)

Believing what we want to believe (by Seth Godin)

Human beings, thanks to culture and genetics, are inclined to be pessimistic, fearful, skeptical and believers in conspiracy theories. We also don't like change.

The marketer (products, government, religion, whatever) that decides to trade in any of these glitches has a tremendous advantage. It's far easier to create fear than to soothe it, far easier to argue for a conspiracy than to prove that one doesn't exist.

When we find ourselves rewarding our instincts instead of reality, we often make poor choices. Of course, sometimes there's a good reason to be afraid or to imagine that a secret conspiracy is at work. Not often, though.

When confronted by a mass of facts and nothing but instinct or tribal confirmation on the other side, it might be worth revisiting why we choose to believe what we believe.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 27 de Dezembro


Também há coisas boas - 27 de Dezembro

"A passagem das eras muda todas as coisas: o tempo, a linguagem, a terra e os limites do mar", Lord Byron

O nosso comércio inovou. Fez um Black Friday na Wednesday.

Mosteiro em Caminha do séc XII (São João da Arga) em vias de ser classificado Monumento nacional.

Plano de Promoção da Bicicleta...boa medida.

Cittaslow Portugal...uma associação para aumentar a qualidade de vida. Vale a pesquisar um pouco mais.

Associação desenvolvida por Filipe de Botton parece ser uma excelente medida. Portugueses com altos cargos o estrangeiro juntarem-se a bem da nação.

Foi há 50 anos que começou a BBC in portuguese. Congratulations


Lisboa com sol e frio.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 26 de Dezembro

Também há coisas boas - 26 de Dezembro

"Ele resignou-se com um suspiro a um mar de palavras sem qualquer peso ou semelhança com a vida", Milan Kundera

Após as 9 renas (Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão ,  Relâmpago e Rodolfo. Esta última, é uma rena com um brilhante nariz vermelho) terem viajado pelo mundo e deixado muitos brinquedos , vamos continuar com a busca de coisas boas.

Pai Natal gigante na Régua. 20 metros, 30 toneladas. ...obra de um empresário local. Seria uma boa notícia para ser divulgada e quase nada se diz sobre a mesma....andam distraídos com um tal de Baptista da Silva????

É o que disse  Passos Coelho na sua comunicação ao país. Acredito que seja assim...

As chuvas de Dezembro encheram as barragens. Algo que não depende da Troika....

Nuno Silva quer criar um parque de naturismo. Que crie e já. A ser criado, será em Vila do Bispo.

Universidade de Aveiro desenvolve uma capa regeneradora para aviões. Seguem-se os automóveis, as ventoinhas eólicas e a indústria petrolífera. A nossa TI para o mundo.


Villa da Pedra
Monte da Fornalha
O Turismo de Aldeia Villa Pedra e o Turismo Rural Monte da Fornalha ganham dois prémios internacionais promovidos pelo I-Escape.com . O que  é nacional é bom.




Lisboa com um solzinho de Inverno muito bom.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Natal, por José Luís Peixoto


"na hora de pôr a mesa, éramos cinco:
o meu pai, a minha mãe, as minhas irmãs
e eu. depois, a minha irmã mais velha
casou-se. depois, a minha irmã mais nova
casou-se. depois, o meu pai morreu. hoje,
na hora de pôr a mesa, somos cinco,
menos a minha irmã mais velha que está
na casa dela, menos a minha irmã mais
nova que está na casa dela, menos o meu
pai, menos a minha mãe viúva. cada um
deles é um lugar vazio nesta mesa onde
como sozinho. mas irão estar sempre aqui.
na hora de pôr a mesa, seremos sempre cinco.
enquanto um de nós estiver vivo, seremos
sempre cinco”

― José Luís Peixoto

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Também há coisas boas – 24 de Dezembro


Também há coisas boas – 24 de Dezembro

"Os seres humanos estão rodeados por mares escuros e vastos. Olham-se ansiando, mas nunca chegando a tocar uns nos outros”, Gyorgy Lukács.

Lisboa tem uma árvore de Natal de 26 metros.

Costa portuguesa vigiada à séria. Finalmente. Será que vamos começar a vigiar de fora para dentro?

Mais um navio afundado descoberto na costa portuguesa. Este tem mais de 100 anos…é em Esposende.
Cada vez mais somos um scuba diving spot.

Marcas de vinho que usavam vedantes retornaram à rolha.

O “chef” do 100 Maneiras, em Lisboa, com o portuguesíssimo nome de Ljubomir Stanisic, diz-nos que : “Adora a comida portuguesa, é das melhores do mundo”. Ele sabe bem o que diz. A sugestão dele, para o prato de Natal, é Cabrito Assado. 



Lisboa acordou com sol e não muito frio.  

domingo, 23 de dezembro de 2012

Bolo-rei.


Bolo-rei (e uma pequena história sobre ele).

É um dos meus bolos favoritos. Felizmente que é difícil encontrá-lo fora das festas. Encontro um substituto digno, o Caracol. Apanhei um pequeno quiz no Expresso sobre o bolo-rei. Segue as respostas correctas do mesmo. Porque saber de doces também é saber de história:

O quadro que inspirou o Bolo-rei foi pintado por Jean-Baptiste Greuze e tem o nome de "Le Gâteau des rois". Sinto-me confortado pelo autor também se chamar João.
Passo o ano todo a dizer para mim que sou mais de “salgados” do que de “doces”. Mas eu sou mesmo é de “doces & salgados”.

Caracol 

O Bolo-rei nasceu em França. Foi proibido após a revolução francesa porque era conotado com a realeza.


A sua simbologia representa os presentes oferecidos pelo Gaspar, Belchior e Baltasar, os três Reis Magos.

O primeiro fabricante português foi a Confeitaria Nacional.

Há o chamado Bolo-rainha. Mas este não leva frutas cristalizadas. As frutas cristalizadas são banhadas em Xarope de Açúcar.  

A fava no Bolo-rei significava azar. Quem a apanhava, pagaria o  próximo bolo. No entanto, a CE, por motivos de segurança, retirou esta tradição. Coisas da ASAE comunitária.

Esta próxima informação deixa-me assustado. Cada fatia de 100gr tem 321 calorias.Xi...

Aproveitem-no. Eu já comecei...



Também há coisas boas - 23 de Dezembro



Cabo Espichel.
Também há coisas boas – 23 de Dezembro

“O mar é vasto, é imenso, os meus olhos vagueiam longe e anseiam ser livres”, Thomas Mann

Há mais ouro no Alentejo.


“El Gordo” – parte sai a desempregados e por toda a Espanha.

Portugueses em 63º lugar na lista dos povos mais positivos do mundo. Não muito bom. Panamá, Paraguai e El Salvador lideram a lista. (estudo da Gallup).

Burros mirandeses com 900 padrinhos. Campanha de angariação de fundos parece funcionar.

Tito Paris é embaixador de Cabo Verde no Mundo.  Parece ser merecido.
Ontem soube que a recuperação de um amigo que colocou um “pilha” no coração,  está a correr bem



Restauradores.
Lisboa fria e com nevoeiro.


sábado, 22 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 22 de Dezembro


Também há coisas boas - 22 de Dezembro

"No decorrer do tempo, as grandes cidades afundamse no mar. Tudo muda", George R.R. Martin

Boaventura Sousa Santos lança uma colectânea de textos.

Em Gaia, a partir de 1.2.2013 vacinas de graça às crianças pobres.

Mega Halloween em Valença. Abóboras que chegam aos 63kg.

Timor-Leste  inaugura o seu primeiro cinema.
Vertigo em Lisboa?

"Vertigo, a mulher que viveu duas vezes", considerado o melhor filme de sempre. "Estreia" nas salas portuguesas.... Vamos lá ver o Hitchcock num cinema a sério.


Grupo Urbanos entra no Dubai. Boa

"Burning Live", do meu amigo Rodrigo Amado, foi eleito um dos melhores discos de jazz de 2012 pela New York City Jazz Record. Boa Rodrigo!!! Um português que ganha um prémio lá fora e pouco se fala.

Lisboa à noite.
Rossio

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

What you are waiting for? (by Seth Godin)


What you waiting for?
I'm not asking in the usual hectoring, pushing sense of asking you to hurry up and get started.
I'm genuinely, rhetorically curious. What, exactly, are you insisting will happen before you start shipping your art?
Write it down. Write down what has to happen before you can make and ship your ruckus.
Being clear about what you're waiting for makes it far more likely that your art will happen and far less likely that you're merely stalling

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 19 de Dezembro


Também há coisas boas - 19 de Dezembro

"O mar vai apagar as nossas pegadas, mas não o facto de as termos feito", Marty Rubin

Recentemente a escutar uma conversa  de estrangeiros(não foi má educação) ouvia: "Lá (não sei aonde), nem no Verão,  costumam estar 17º". Local: Dezembro, Lisboa, uma tarde fabulosa.

Gosto de prémios. Saber que são atribuídos. Acredito que os prémios movem-nos.  Maria do Carmo Leitão, professora em Lamego, ganha o prémio de professora do mês. Parabéns Maria do Carmo.  Ela diz: Ensinar os alunos a gostar da escola. Eu gostava da minha escola, dos meus colegas, dos meus professores.

Por falar de prémios....Advogados condenados a indemnizar Cliente por errar na defesa. Muito bem.

Lisboa "Ancara" apoio à Turquia para a sua entrada na CE.


Mesquita de Kocatepe
Pássaro cantam para enganar e engatar as fêmeas. ...coisa de homem, coisa de pássaro. Tangata manu (homem-pássaro) era o título atribuído ao vencedor de uma competição tradicional da Ilha de Páscoa.

Twitter tem 200 milhões de usuários.

Açores cria marca Azores. Boa medida...não é como o allgarve.

Rip Curl Pro em Peniche dá lucros de 7,9 milhões, com 927 mil euros e receitas fiscais. Fora os quartos alugados sem fatura. Boa onda...

Sexta há prémio de euromilhões. Um (uns) presente de Natal para alguns.

Lisboa estava nublada e com nevoeiro.Mas amanhã, no Zé Russo, a mesa vai ficar bem quente. 

Empathy takes effort (by Seth Godin

Empathy takes effort  

When we extend our heart, our soul and our feelings to another, when we imagine what it must be like to be them, we expose ourselves to risk. The risk of feeling bruised, or of losing our ability to see the world from just one crisp and certain point of view.

It's easier to walk on by, to compartmentalize and to isolate ourselves. Easier, but not worth it.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Corrupção e transparência


Corrupção e Transparência

"Governments must prioritise the fight against corruption"
  Para que alguns governantes e outros poderes, mais ou MENOS TRANSPARENTES, e com dúvidas no seu inglês, eu traduzo:
                                                          "Os governos devem priorizar a luta contra a corrupção"


Keywords: Corrupção, Textos, Portugal, Instituto da Transparência, Boas Práticas

A www é uma fonte inesgotável de surpresas. Descobri recentemente uma,  o Instituto da Transparência.

Ele diz-nos que a corrupção pode acontecer em qualquer lugar do mundo. E acontece.

Que quando os políticos colocam seus próprios interesses acima dos do público. Quando os funcionários  exigem dinheiro e favores a cidadãos por serviços que deveriam ser gratuitos.

A corrupção não aparece apenas na forma de um envelope cheio de dinheiro....tem outras formas e fários actores.  
Sabemos assim (e sim)  que a corrupção é um problema em todo o mundo.

Este  organismo diz-nos que dois terços dos 176 países classificados na pontuação do índice de 2012 estão abaixo de 50 (o máximo é 100).

Diz-nos que as instituições públicas precisam ser mais transparentes. Que os funcionários mais poderosos devem ser mais responsáveis​.

Nós, portugueses, estamos no 33º lugar, com 63 pontos.  Valemos tanto como o Butão ou Porto Rico.

Quem lidera, com 90 pontos, são três países. Dinamarca, Finlândia e Nova Zelândia.  São países que invejamos em muitos aspectos. Educaçãoproporcionada a todos, Saúde Pública, Qualidade de Vida,N´´ivel de Vida.... Vejam e viajem por este Link:
Não gostavam de ter o nível de vida deles? Eu gostava!!!!


Há muita coisa para fazer na sociedade civil. A culpa deste 33º lugar não se deve apenas aos políticos....é também nossa. Infelizmente na nossa sociedade há o fenómeno do "boyismo"...que tarda a desaparecer.

Viajem pelo mapa...vão gostar...

Uma análise que se pode fazer é que, quanto menos corrupção parece haver, maior riqueza tem a sociedade civil.  Parece correcto, não parece?  Eu acredito que sim!!!
Nota : Há um Museu da Corrupção, vejam http://www.muco.com.br/
           
 João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
http://www.linkedin.com/in/joaopmarques
http://jpmarques.blogspot.com; joaodavespa@hotmail.com
@joaodavespa
Think before you print. Think before you replay.



Também há coisas boas - 16 de Dezembro


Também há coisas boas - 16 de Dezembro

"Não é que a vida em terra me seja desagradável. Mas a vida no mar é melhor", Francis Drake
 Caetano, novo disco aos 70 anos. Abraçaço o seu nome.

Uma notícia triste que valeu 17 vidas. Victoria Soto, professora, 22 anos, salvou 17 crianças.  Morreu baleada. O que eles, americanos,  esperam para começar a controlar as armas. Faroeste em pleno século XXI. A nossa hoenagem à Victoria.
Golfinhos do Sado acolhem "irmão".

Lisboa está com mais glamour Abriu por cá uma Miu Miu.
Mais de 100 anos de solidão. Navio afundado há mais de cem anos descoberto em Troia.

EDP Brasil ganha hidroeléctrica.  Boa!!!
Em notícia de oitava coluna dizem que "Zona Euro está a sair da crise". Klaus Regling diz isto.  Esperemos bem que sim.
Mar, Peniche.

Diz David Machado: "o mar é talvez o nosso maior atributo; é aquilo que nos caracteriza enquanto povo há séculos".  Parece que andamos meio em contra maré.


Ena, tantos!!!!
Lisboa está enublada.

UmbigoBog - 18 - e-blog (horários)

Podem haver dias assim...mas não devem
18 -  e-blog (horários)

Um blog é como uma loja de e-commerce.  Não há horários para ser visto e receber post. Está sempre de porta aberta.  Chega também a leitores improváveis, desconhecidos ou não.
 

sábado, 15 de dezembro de 2012

Perdi quase 3 minutos por dia com as novas alterações ao trânsito


Perdi quase 3 minutos por dia com as novas alterações no trânsito

Olivais, 15 de Dezembro de 2012

Caro Sr. Presidente da Junta de Freguesia dos Olivais,

Acredito que todas as alterações que são feitas pelo poder público são pensadas e que têm o intuito de melhorar a vida da maioria, mesmo que alguns não concordem. Acredito nisso.

Mas, parece-me que esta alteração,  agora efectuada, junto do antigo Pão de Açúcar (pode assim ver ao tempo que eu conheço o bairro dos Olivais, o seu bairro), só veio prejudicar toda a gente.

Dou-lhe o meu ponto de vista e relato a minha situação. Vou para a Rua Cidade de Benguela. Com a alteração efectuada fiquei a "ganhar":

Mais 3 minutos de viagem. Ao fim de uma semana: 21 minutos.  Ao fim de um mês: 90 minutos. Digamos que ao fim do ano, estas alterações tiram-se um dia de vida. Este será passado no carro.

Acrescento que, por esta alteração,  ando mais umas boas centenas de metros, apanho dois semáforos  e gasto mais gasolina. No meu caso, só desvantagens!!!

Mas, como disse ao princípio, poderá haver alguma razão nesta sua medida.

Tenho pensado nela e não a encontro. Tenho falado com alguns amigos, eles não a entendem.

Imagine que mora na cidade Praça Cidade de Salazar, tem agora que circundar todo o perímetro que envolve o shopping para chegar a casa, isto vindo da Av. Lourenço de Marques.  Quando só tinha que virar à esquerda. Implica, mais tempo, mais gasolina, mais tempo no carro.

Acredito também que a relação mais tempo no carro, implica mais gasto de gasolina  e mais risco de acidentes. Esta relação parece-me verdadeira e directa.

Congratulo-me por não ter feito uma rotunda e acredito que esta alteração não foi feita para levar Clientes ao Shopping.

Esta prosa toda pretende apenas dizer que não concordo com as alterações e não encontro vantagens na mesma.

A memória leva-me a dizer que o cruzamento em causa não costuma ter acidentes.  Também a experiência diz-me que só existem dois picos de trânsito: de manhã e ao final da tarde.

Será que me pode explicar as vantagens que encontrou? Elas existem?

João Paulo Marques, habitante dos Olivais deste 1965.

UmbigoBlog - 17 Sinergias


17 - Sinergias

Um blog é uma excelente plataforma para se criar sinergias.  Sem se procurar, pode conseguir-se reunir pessoas, colaboradores muito interessantes e que, de forma gratuita, trazem saber para ele.

Veja-se o que acontece com as discussões  no LinkedIN.  Quase todas a somar conhecimento.

Também há coisas boas - 15 de Dezembro


Também há coisas boas - 15 de Dezembro

"Publicar um livro é como enfiar uma carta ao numa garrafa e arremessá-la ao mar", Margeret Atwood

Prémio Pessoa para Richard Zenith. Um americano que gosta e vive em Portugal. Ele diz: "Este é o Governo que mais maltrata a cultura".  Acrescenta ainda: Este prémio faz-me sentir ainda mais português".

São João é o 3º melhor hospital português. Pelo terceiro ano consecutivo. Talvez valha a pena ver e estudar as suas "boás práticas". Lisboa tem o 3º, 6º, 9º e 10º.

Hospitais de Faro e do Barlavento terão uma só administração. Poupa-se já nos .BMW´s. Outras poupanças e sinergias virão.

Governo vai propor à Troika aumento do salário mínimo. Oxalá saia.

ISCTE faz 40 anos. Parabéns!!!!

Lisboa é a cidade portuguesa mais inteligente. O conceito não tem consenso. Mas é algo de bom para os alfacinhas.   Mas, de certeza, não tem a ver com a concentração de políticos por metro quadrado.

Ainda se descobrem primatas. Foram descobertos três no Bornéu. Mas estão em perigo de extinção.

Portugueses abrem fábrica de doces no Rio de Janeiro. Viva o pastel de nata.
Lisboa está sem chuva.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 14 de Dezembro


Também há coisas boas - 14 de Dezembro

"A primeira gravidez é uma longa viajem por mar para um país do qual desconhecemos a língua", Emily Perkins

Paul and Ringo?
Concerto 12.12.12, no Madison Square Garden, vai ter as suas receitas para as vítimas do Furacão Sandy. Rock to Society.

Cantinas sociais apoiam alunos durante as férias. Uma boa notícia no meio do mal que anda por aí.

O primeiro mapa português dada de 1560. Foi produzido por  Fernando Álvares.  Ah ganda portuga.

Juíza do Porto recusa que pedófilo saia apenas com pena suspensa.  Há penas que devem ser cumpridas.

Arte urbana em Carnide. 300 assentos expostos no jardim de Carnide. Muitos deles, são assentos retirados do lixo.

Hubble descobre a galáxia mais antiga do universo.

Santuário para tubarões no oceano Pacífico. Boa medida!!!

Campanha "Portugal sou eu". Compre português...é isso mesmo. Ainda vou para Secretário do Estado.
Chove para car....
 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 13 de Dezembro


Também há coisas boas - 13 de Dezembro

"Vivemos numa plácida ilha de ignorância no meio dos mares negros do infinito", H.P. Lovecraf
Ontem o meu primeiro Ignite. Hoje, o Be IN, a tratar de Lisboa. Bem interessantes.

Primeira bênção  de sua santidade por Twitter. Até o Vaticano já aderiu....

Vírus VIH é arma para combater o cancro. Há males que vêm por bem...
Reciclagem gera lucro em Portugal....há quer dizer e repetir... Só tenho pena que ainda existam os cocós dos cãezinhos na rua, as beatas largadas impunemente por todo o lado, carros estacionados pelos passeios...mas havemos de chegar lá

Portugueses que salvaram uns jovens alemães vão ser homenageados.
Mandela apresenta progressos na sua saúde.  

 Há queijo há mais de 7000 anos!!!!! Adoro queijo!!!!
João Pedro Vale
Economia volta a crescer no segundo trimestre de 2013. Diz o FMI...esperemos  bem que sim.

Museu de Arte Contemporânea de Lisboa mostra 13 criadores nacionais. Are you awake? Are you?


CR7, Cavaco e Luciana Abreu. O que eles têm em comum? São os portugueses mais procurados no Google. Floribelaaaaaaaaaaaaaaaa....


Cheio de força....vindo do Chiado rm direcção à Baixa
Lisboa com sol e não muito fria.

 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

PORTUGAL É PREMIUM -

PORTUGAL É PREMIUM - Pontos a evidenciar nos seus  produtos e serviços
                                                                                                          "Made in Portugal"

Parece que cada vez mais o "Made In Portugal" parece ser uma marca, uma boa marca, e não algo que queríamos esconder ou não referir.

O  método como os  nossos produtos são desenvolvidos e produzidos é algo que os pode valorizar e fazer destacar de outros, da nossa concorrência.  Falo da nossa concorrência pessoal, empresarial ou de país.  Para que isso aconteça, temos que usar os truques de uma boa comunicação. Uma comunicação que seja assertiva e que tenha eficácia.

Veja-se o que está a acontecer com o calçado e os têxteis portugueses, produtos tradicionais portugueses. Implementam-se no estrangeiro com a marca "Made In Portugal" .  Felizmente que há mais exemplos. Mais tecnológicos, menos tecnológicos...mas com a Nossa Chancela.

Lembro-me de uma história que li num passado não tão recente. Uma empresa  lusa, da qual não me lembro do nome,  que actuava  na área das TIs,  e quis entrar em Espanha.  Escolheu Madrid ou Barcelona, não sei precisar qual delas.  Não era bem recebida pelo facto de ser portuguesa.  Pouco ou nada conseguia.

Esses empreendedores, sabendo que possuíam um bom produto, não esmoreceram.  Resolveram comprar uma empresa na Galiza e daí atacaram o mercado espanhol. Passaram a ser galegos.
Passaram a ter sucesso! 

Este estigma,  de se ser português,  tem que ser ultrapassado. E está a ser ultrapassado. Mas a
dinâmica tem que começar internamente, em nós.

Seguem alguns palavras que  ajudam a valorizar o que é nosso, o que é feito por si, o carinho e cuidado que colocou no que fez.

Manufaturado                          Feito com a receita                  Desenvolvido localmente                    Construção personalizada       Forjado à mão                          Receita da avó                                  Exclusivo desta casa               Produto único                          Pulido à mão                                    Design exclusivo                     Moldado à mão                       Produto exclusivo
Tingido à mão                         Feito à mão                             Trabalhado à mão                                    Só cá na casa                          Queimado no momento            Peça exclusiva                                    Moldado por mãos hábeis      À moda da casa                        Feito no momento
Recolhido a partir de..            Trabalhado por mãos hábeis    À moda do Alentejo
Costurado à mão                    Criado localmente                    Atenção aos detalhes
À portuguesa                          Fabricado sob encomenda       Fabricado sob medida
Fabricação exclusiva              Design único                            Só nesta casa
Projecto sob encomenda         Projecto à sua medida             Feito localmente
Produzido de acordo com as suas especificações                   Segundo os mais altos padrões
Feito para durar                     Segundo a nossa fórmula         Costurado à mão                                 Criado localmente                 Atenção aos detalhes                Peça única

 Utilização destes vocábulos vai permitir a valorização do que é seu perante os outros.

Veja o que diz a Monocle na sua edição de Setembro (57) sobre o nosso idioma.

Monocle, issue 57
 

Apresento alguns  exemplos de produtos tradicionais portugueses que exemplificam o bom do Made In http://global-chica.hubpages.com/hub/Products-From-Portugal-You-Should-Check-OutPortugal. 


A utilização de palavras adequadas, que valorizem o que é seu, são, sem dúvida, um dos seus melhores argumentos de venda.

O que devemos hoje, nos tempos que correm, é preocupar-nos com o World of Mouth. A comunicação hoje, com as medias sociais, ganha esta força....de chegar ao mundo.

Por fim, tentando dar um exemplo doce...creme de leite queimado na hora.


João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
http://www.linkedin.com/in/joaopmarques
http://jpmarques.blogspot.com; joaodavespa@hotmail.com
@joaodavespa
Think before you print. Think before you replay.
 

Cold reading (Seth Godin)

Cold reading (Seth Godin)

Psychics, advertisers and coaches work hard to create interactions that feel direct. They'd like you to think that their work is about you, (lots of people thought that the song was actually about them) that they know what you're thinking and what you want.
The tsunami of data available online makes this easier than ever. It's not hard to buy data, not only about your demographics, but about how you spend your time on the web.
Which means that it seems as though that site or this ad is just for you. What could be better?
The important distinction is this: the content might be for you, but it's not necessarily about you. Take what you need, but ignore the rest.

Também há coisas boas - 12 de Dezembro


Também há coisas boas - 12 de Dezembro

"Um livro deve ser um machado para cortar o mar gelado entre nós", J.M. Coetzee

Boa conversa ontem na Beside.

12 do 12 de 2012. Para já, navegação tranquila.

PPP´s , novo acrónimo: " Porra Para os Políticos".

Alunos do 4 ano sobem 30 lugares no ranking da matemática. São agora o 15º. Menos mal.

Parques industriais do Barreiro, Seixal e Estarreja  vão ser alvo de investimentos.

Há a boa suspeita de médicos terem curado a Leucemia. Oxalá seja confirmada!!!

HSBC paga multa recorde por lavagem de dinheiro.

Frio e pouco sol em Lisboa.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 11 de Dezembro


Também há coisas boas  - 11 de Dezembro

"O escritor deve caminhar  na vida como no mar, mas só até ao umbigo", Gustave Flaubert

Cães usados na proteção de vítimas de violência doméstica. Associação galega que está a treinar cães.
Manoel de Oliveira faz 104 anos. Parabéns!!!

Antiga Piscina dos Olivais vai abrir como ginásio. Aleluia. Quase nem me lembro já dela aberta.
 "Toutatis", asteroide. Gaulês???

12.12.12: um ano de crise pelo olhar de 12 fotógrafos. Lançamento do livro amanhã, no Palácio das Galveias.
OqueStrada,  banda lusa, de Almada, na entrega dos Oscares...desculpem, do Nobel da Paz.  Parabéns!!!

Lisboa está bonita e fria.
Sopa, vai uma?

Bigger vs. better (Seth Godin)

Bigger vs. better
It's not always one or the other, but sometimes the trade-off is unavoidable. It's clear that more is not always compatible with our other goals.
Like most choices, this one usually works better if you make it on purpose.

UmbigoBlog - 16 - Uma extensão do seu currículo


16 - Uma extensão do seu currículo

Um currículo é um documento estático, fotográfico. Lá está exposto o nosso percurso profissional e pessoal.

Um blog, apesar de apenas mostrar uma parte minúscula do que somos, pode apresentar um rasto de trabalho. Trabalho onde emitimos opiniões, divulgamos conhecimento, envolvemos pessoas, nos relacionamos.  

Um recrutador curioso e competente  vai ver o que você é na Blogosfera e lá estará o seu blog.

Eu acredito que o meu blog valoriza o meu perfil pessoal e profissional aos olhos dos outros. Eu, pelo meu lado,  sei que me valorizo.
Será como que um currículo com ASAS.
 

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Também há coisas boas - 10 de Dezembro


Também há coisas boas - 10 de Dezembro

"A mente é mais profunda do que o mar", Emily Dickson

Natal em Lyon....é um verdadeiro Luzyon. A Festa das Luzes  é um dos eventos mais esperados da cidade.

Agências de Viagens querem cooperar com rede diplomática para captar turistas. Cooperar sempre fui uma palavra que parecia afastada dos "Poortugueses"

Portugal no segundo lugar do campeonato de futsal feminino. Parabéns.

Hoje há Sporting / Benfica.
Lisboa fria...mas com sol. Digam lá se não é bonito.