Google+ Badge

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

António Aleixo - Quadras #7

Julgando um dever cumprir,      
Sem descer no meu critério,
Digo verdades a rir
Aos que me mentem a sério!

Vai dar merda ( by Fábio Zugman)

"O interessante – e divertido – da vida é que só nos damos conta das merdas que fizemos depois delas acontecerem. Somos como personagens de desenho animado. Entramos cantando em uma armadilha para sermos esmagados por um piano sem nos darmos conta do que está para acontecer, até arrancarmos algumas risadas da plateia."

Muita dela limpa-se e, até algumas vezes, ganha beleza ou utilidade...pode mesmo dar dinheiro ou satisfação

Dicas Smart - Sharing - #20

O reendosso com o Smart Sharing  custa ZERO. E vale milhões!!!

www.smart-sharing.com

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Pensamento do dia / Daily thought

There´s a lot of money out there to be saved that you would not dream of and also o lot of money out there o be earn

domingo, 2 de fevereiro de 2014

DICAS SMART-SHARING # 17


            O Smart Sharing leva o seu Cliente a participar
             WWW.SMART-SHARING.COM

António Aleixo - Quadra #4

Que importa perder a vida
em luta contra a traição,
se a Razão mesmo vencida,
não deixa de ser Razão

Palavras para a Minha Mãe (José Luís Peixoto)

Palavras para a Minha Mãe

mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses
as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz.
sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente.

pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste
tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te
desculpa, mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente.

às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo,
a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia
mais bonita que tenho, gosto de quando estás feliz.

lê isto: mãe, amo-te.

eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não
escrevi estas palavras, sim, mãe, hei-de fingir que
não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não
as leste, somos assim, mãe, mas eu sei e tu sabes.

José Luís Peixoto, in "A Casa, a Escuridão"


Hoje faria 79...há 10 anos que não anda por cá