Google+ Badge

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Tips for Life - #84

Atraso sempre gera perigo



O atraso pode ser quase como uma espiral. Vejamos:
eu chego atrasado porque ele chega - parece justo
o atrasado sabendo que eu me vou atrasar, vai chegar mais atrasado - quase parece justo

Entramos  assim numa escalada de "atrasadez", de pouca produtividade, pelo menos por parte daqueles que são pontuais...



O que pode acontecer com este (mau) comportamento....the door is closed...quem sabe para sempre


Mas os atrasos não são apenas comportamentais. Os atrasos de obras, de projectos podem colocar EM PERIGO os mesmos. Perigo que pode chegar até ao adiamento ou cancelamento dos mesmos

Para uma leitura com mais carateres,  por favor, leia http://jpmarques.blogspot.pt/2013/09/nao-ser-pontual-e-como-faltar-verdade.html

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Tips for Life - #86

Atraso sempre gera perigo; o prolongar um grande projeto é muitas vezes para arruiná-lo.

Tips for life - #85

O prolongar um grande projecto é muitas vezes para arruiná-lo

Muitas vezes as evidências de que algo corre mal são vistas por terceiros, não por nós
Nas minhas aulas de Gestão de Pessoal tive um professor, Dr. Raúl Caldeira que falava-nos do distanciamento. Para exemplificar este conceito,  usava a seguinte metáfora: Visão Helicópteriana… ou seja, distanciarmo-nos .

No que diz respeito ao prolongar  dos negócios, dos projectos, penso que posso afirmar que no nosso futuro, mesmo que este seja já amanhã, poucas ou nenhumas certezas podemos ter. Uma das incertezas passa pela lealdade dos Clientes. Outra (des)assenta na superioridade da nossa solução, seja ela tecnológica ou mais terrena.

Outra razão que torna verdade a afirmação que dá título a esta minha  prosa é o querer manter algo por afinidade ou lucros passados.

As certezas para a manutenção de querer manter projectos são as que você, leitor, terá de incutir a si...a de querer aprender, ouvir, ensinar  e de crescer....pode assim AVALIAR.

João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.