Google+ Badge

sábado, 28 de dezembro de 2013

A estátua de Drummond – os pixanços e outras coisas

A estátua de Drummond – os pixanços e outras coisas

Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo. (Carlos Drommund de Andrade)

Keywords: Civismo, Banksters, Drummond, Lixboa


Soube que a estátua de Drummond, na cidade do Rio de Janeiro, foi pixada…isto é, vandalizada.  Para os que não o conhecem, Carlos Drummond de Andrade foi um dos mares utilizadores do português escrito, qualquer que seja ele o cordo Ortográfico.

Mas este facto, o do Vandalismo,  leva-me a pensar de muitos dos nosso monumentos, dos nossos prédios e das nossas paredes. Elas e eles estão completamente, uns dizem grafitadas , eu digo violentadas…acho que é uma palavra bem mais forte que pixada ou vandalizada.

O curioso sobre o reparo da estátua de Drummond foi que a mesma foi efectuada por um civil, Hebert Parente de seu nome.  Eu gostaria de pensar que este cidadão se antecipou às  identidades públicas. Será que foi?

O que dizer dos escritos a convcar manifestações ou outras críticas, justas ou injustas, que "alegram" as paredes das povoações. Cruzo-me diariamente com uma a apelar uma greve para 30 de Maio de 2007. Acho que vou chegar atrasado

Mas este Vandalismo Social aparece também numa categoria profissional, os Banksters. Sabem o que são? Banqueiros e Instituições Bancárias que são verdadeiros gangsters. Esta classe tem saído impune nas suas acções. Junto (e acrescento) alguns dos Políticos que são uns verdadeiros gangsters.


A isto junto o vandalismo cometido por muitos de nós,  o Lixo pela rua…e parece que ninguém se importa com o seu, apenas com o dos outros. Vejam o que se passam em "Lixboa".



João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
http://www.linkedin.com/in/joaopmarques
@joaodavespa

Enviar um comentário