Google+ Badge

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Comportamentos nas medias sociais #1

Comportamentos nas Medias Sociais

Ligou o PC


                                                                       “Tempo de decisão poupado, é tempo de ação ganho.” (Gerald Michaelson)

Muitas vezes interrogam-nos se nas medias sociais devemos seguir quem nos segue. Claro que não, não devemos. Não devemos, todavia, deixar de saber quem o faz.
Mas quando falamos de partilha de conteúdos (escritos ou não por nós) teremos de ter um comportamento diferente. Quem segue e partilha o que escrevemos é porque gosta e valoriza os nossos escritos. Quando este anónimo  faz a partilha,  está  endossar-nos junto da sua comunidade.  Se passarmos a “seguir” esses nossos “endossadores” (não gosto da palavra), iremos valorizar a nossa reputação e a deles..
Claro que o trabalho de entrar em contacto com todos estes followers demora tempo (tudo demora tempo!!!). Se não tem tempo para esta actividade, o facto de os seguir, de fazer like, de retwittar o que escrevem, reflete já um agradecimento, mesmo que tácito

Um critério de avaliação que  parece ser aceite nestas novas métricas é: quantos mais followers no twiiter, quando maior for a sua rede no linkedin, mais seguidores tiver no seu facebook e blog e leituras neste, mais poderosa será a sua presença no digital, mais possibilidade tem de intervir nas suas causas profissionais e sociais, mais pessoas estarão atentas a si. 
Outra coisa parece ser certa: Quanto melhor forem os nossos conteúdos no meio de tantos outros, mais possibilidade teremos que os mesmos sejam lidos.

João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
http://jpmarques.blogspot.com
@joaodavespa 

Enviar um comentário