Google+ Badge

domingo, 22 de março de 2015

Quem conta uma história, acrescenta um ponto (ou o Efeito Manuel Pinho)


Quem conta uma história, acrescenta um ponto (ou o Efeito Manuel Pinho)
 
 Ouvir jornalista a efectuar resumos do que os entrevistados dizem, é sempre muito interessante.






No mundo dos negócios, pelo menos,  quando alguém resume o discurso dos outros, duas conclusões podem-se retirar:
- quem falou não sabe explicar,
- quem ouviu não percebe nada de nada,
- acrescento uma terceira. Quem relata nada está lá a fazer.


Hoje, dia 22 de Março, na RTP, oiço o Jornal da Tarde. Falavam sobre a UBI e da capacidade de esta universidade de referência do interior do pais captar estudantes estrangeiros.

Diz o jornalista: A UBI pretende recrutar estudantes chineses que não entram nas universidades da China.

Diz o representante da UBI: Pretendemos cativar estudantes estrangeiros, nomeadamente os das famílias chineses que estão a implementar-se em Portugal. 

A mesma notícia, duas leituras diferentes. Uma delas muito pouca abonatória para a UBI.

Não sei quem está a contar mal a “história”. Sei  apenas se uma delas for verdadeira, caímos no Efeito Manuel Pinho, o que não é nada bom!!!

 
 

 
Enviar um comentário