Google+ Badge

sábado, 24 de novembro de 2012

UMBIGOBLOG - O UMBIGO e o BLOGGING (o que não fazer ou esperar do seu blog)


UMBIGOBLOG - O UMBIGO e o BLOGGING (o que não fazer ou esperar do seu blog)

"What can´t be done by advice can often be done by example" www


Keywords: Gestão, Medias Sociais, Blog, Comunicação, Boas Práticas




"O termo weblog foi criado por Jorn Barger[4] em 17 de dezembro de 1997. Com o decorrer do tempo fomos gramaticando o termo. Já o verbalizamos - bloggar - e já o  substantivámos - blogger.

Eu comecei o meu blog após ter terminado uma  colaboração com dois jornais regionais. Apanhei, devido a eles , o hábito de escrevinhar e resolvi continuar, na forma de blog.

Comecei a escrever  para o meu umbigo. Depois, para alguns colegas de trabalho. Mas estes pouco ou nenhum interesse mostraram. Foi quando, no seguimento de uma reunião de apresentação da Queiroplás, empresa por onde andava na altura, propus-me a mostrar os meus escritos. Era um jornal regional , "Expresso do Sul".  Fui aceite. Durou alguns meses esta colaboração. O jornal  foi suspenso. Colaborei temporariamente com um outro .  Após o término destas parcerias ,  lancei-me com este  meu blog.

Como viram,  o meu trajeto foi um pouco diferente do habitual. Comecei em coisas sérias e, após elas terem acabado, avancei  para o bloguismo.

Aqui fui ganhando alguns leitores. Ao princípio só amigos. Depois vieram outros, que se tornaram amigos. Amigos que já conheci lá; amigos de abraços e outros que, curiosamente,  habitavam o meu espaço geográfico em determinada altura da minha vida, mas que só os conheci  aqui, no blog.  Para alguns deles já está prometido um café....ainda sem esplanadas definidas.

Quanto ao meu umbigo, eu faço desta minha actividade um alimento para ele. Sem dúvida que faço. Mas partilho este meu umbigo e trato de o manter apresentável para mostrar a outros. Quase pensei em colocar uma foto dele...mas seria um atentado.

Há várias e muitas boas razões para fazer e manter um blog. No entanto, deve ter alguns cuidados.  A ver:
Se não vai blogar com e por prazer, não o faça.
Se não tem um tema específico, não vai prender leitores. Aí quem manda e quem lê  é apenas o seu   umbigo.
Um blog pede tempo; se não o tem, não ganha leitores. Fica apenas o seu umbigo.
Se não escreve corretamente, talvez o blogging não seja uma atividade que o valorize. Mas pode ir postanto fotos.
Não copie e recopie. Se o fizer, diga de onde retirou os e textos.  Eu costumo copiar alguns textos do Seth Godin. Escreve pouco, como eu gostava de saber escrever. Conta muito, como eu ainda não sei contar.
Não use o seu blog para passar más energias, só para dizer mal e mal.
Não o use também para distribuir filmes, músicas, ...coisas ilegais.
Não pense que vai ficar rico ou ganhar montes de dinheiro.
Se não gosta de aprender, talvez o blogging não seja a atividade indicada para si.
Se tiver que resolver algum assunto mais delicado que tenha surgido no seu blog, faça-o através de uma mensagem privada.

No caso particular das Organizações, o fato de manter uma media social inativa passa a ideia que está desativada. E quem vai à procura de algo que está desativado? Apenas os credores.


João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
http://www.linkedin.com/in/joaopmarques
http://jpmarques.blogspot.com; joaodavespa@hotmail.com
@joaodavespa
Think before you print. Think before you replay.

Enviar um comentário