Google+ Badge

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Volta ao mundo em 81 dias - Pamplona


#2 Pamplona


As festas de San Fermin são um dos ex-libris da cidade. O Fiesta, livro de Hemingway,  retrata muito bem a alegria que por lá se vive.

Pamplona (em basco e co-oficialmente Iruña ou Iruñea) é um município e cidade da Espanha, capital da província e Comunidade Foral (autónoma) de Navarra.

A cidade encontra-se no norte da Península Ibérica, a algumas dezenas de quilómetros da fronteira com França e é atravessada pelo rios Arga (afluente do Ebro), Elorz (afluente do Arga) e Sadar (afluente do Elorz). É o centro da comarca a que pertence, a Cuenca de Pamplona e da Área metropolitana de Pamplona. O município tem 25,24 km² e em 2012 tinha 197 604 habitantes (densidade: 7 829 hab./km²). A área metropolitana ocupa 439,86 km² e em 2010 tinha 345 074 habitantes (densidade: 784,51 hab./km²).

Pamplona foi fundada em 74 a.C. pelo general romano Pompeu sobre um povoado de vascão já existente chamado Iruña ou Bengoda. Após as invasões bárbaras no século VI, a cidade fez parte do Reino Visigótico de Toledo e, a partir do século VIII, do Al-Andalus muçulmano. Durante a primeira metade do século IX a nobreza local, aliada à família muladi Banu Qasi, conseguiu consolidar um reino cristão vassalo dos muçulmanos, o Reino de Pamplona, que depois se tornaria o Reino de Navarra e se tornou completamente independente em 905. O reino teve o seu auge no século XI, quando chegou a ser o mais poderoso reino ibérico cristão. Em 1512 a cidade foi ocupada por tropas castelhanas de Fernando, o Católico, tendo o reino navarro sido oficialmente anexado à coroa espanhola em 1521. A maior parte dos nacionalistas vascos considera Pamplona uma das capitais do País Basco (em basco: Euskal Herria).

 

Entre Santiago de Compostela a distância em linha reta é 562.98 km e por estrada é 710 km.
Enviar um comentário