Google+ Badge

quarta-feira, 30 de março de 2016

ESSA GENTE – Não é dessa gente que necessitamos


ESSA GENTE –
Não é dessa gente que necessitamos




Começo de um modo saudável, simpático…

Esta Gente / Essa Gente   de Ana Hatherly

O que é preciso é gente
gente com dente
gente que tenha dente
que mostre o dente


(e continua)


 Essa Gente também se utiliza quando não conseguimos / não queremos ser deselegantes com um grupo e queremos  apenas  categorizar um colectivo, mantendo ou provocando afastamento físico e/ ou intelectual.


 Algumas vezes vivi o querer afastamento do que se chama Essa Gente.  Vivi-a em uma (ou duas) determinada experiência profissional.


Vivi-a também num projecto em que todos  seríamos sempre poucos… mas alguma  (D)essa Gente fez com que os poucos passassem a ser ainda menos. Opiniões, neste caso a minha. 


Quero agora introduzir um novo colectivo, o Daesh. Não lhes quero chamar Estado(como muitos já o fazem), porque um Estado não é formado por (D)essa Gente


Estamos novamente numa época em que a Religião, melhor dizendo, o mau uso que se faz dela, pretende ser a justificação para os etnocídios, ao genocídios, ao assassinatos …violações do bem-estar e da segurança. Nossa e dos outros. 


Não acredito que nenhum Deus, apesar de eu ter dificuldade  em encontrar UM na minha espiritualidade, aceite, defenda e encoraje o que se está a passar (ou passou) em Bruxelas, em Lahore, em Istambul, no Bali… 


De certeza absoluta que este Deus que é “abusadamente” utilizado por uma minoria para espalhar o terror e a morte não é aquele que nós, NÓS de todas as religiões (ou não religiões), queremos acreditar.


Acredito sim que estes ataques e mortes, tudo em nome de um qualquer livro sagrado, mais do que angariar fiéis, afastá-los-á. 


Teremos que ter, mais do que um pulso, um punho forte, que não mostre fraquezas e que, que acabe com esta violência descabida, traiçoeira, sem qualquer sentido religioso, que hoje convive, escondida, conosco.  



João Paulo Marques
O tempo não pára, não pare você também.
@joaodavespa

Enviar um comentário